Blog de Casamento

A magia do buquê!

Perceberam que tradição é o que não falta quando falamos de casamento, né?

– alianças
– vestido de noiva
– véu/grinalda
– buquê

E porque a tradição do buquê?
Existem várias teorias, mas nenhuma verdadeiramente comprovada.
Tem a teoria que surgiu na Grécia Antiga → as noivas ofereciam flores para honrar a deusa Hera, a noiva de Zeus.
Já na Idade Média → era costume a noiva fazer o trajeto até a igreja a pé. Nesse percurso recebia ervas e temperos para dar sorte e felicidade, formando assim um buquê. São inúmeras histórias a respeito desta tradição. Cada uma de acordo com a cultura local.
A que mais me identifico é com a teoria francesa, onde era tradição a noiva caminhar até a igreja e no caminho ia recebendo flores. Ao findar o caminho, a noiva tinha em mãos um lindo buquê! A diferença dessa teoria para a da Idade Média são apenas as flores.
O buquê se popularizou na Europa a partir dessa teoria, assim como a sofisticação se deve à Europa também.
Hortênsias, peônias, rosas, orquídeas e as tulipas são flores ideais na elaboração de um buquê. Formatos?  Escolha aquele que combine com o vestido e com seu estilo.
Os que parecem meia esferas são perfeitos para vestidos menos volumosos.
Os redondos e cheios para todos os tipos de noivas.
As cascatas são indicadas para vestidos retos ou minimalistas.
Buquês com flores silvestres simples, com flores da temporada, são ótimos para o estilo BOHO chique. Os assimétricos também.
Na França era tradição passar a sorte para as amigas solteiras. O curioso é que antes da tradição dos buquês, as noivas tinham o hábito de tirar um pedaço do vestido e dar para as solteiras terem sorte. Por isso surgiu a jogada do buquê.
Como escolher? Não existe uma regra, mas nem por isso perde-se a importância. Procure considerar a decor do casamento e o modelo do vestido.
O tamanho?
Não deve ser exagerado, até porque pode esconder parte do vestido e o ideal é acrescentar.
Artificial ou natural ?
Depende do gosto de cada noiva. O importante é que a noiva goste, que seja algo que sonhou.
E se não quiser flores?
Pode substituir o buquê por um rosário de pedras delicadas,  de pérolas…
São tantas as opções de buquê:
Naturais
Artificiais
De papel
De pimenta
De tecido
De botões

Uma observação: Caso opte por flores naturais, procure saber qual flor se adapta ao local onde será o casamento. As tulipas são flores que não resistem a lugares quentes. Lembre-se que o buquê tem lugar de destaque, ninguém merece um buquê murcho, queimado ou com flores abertas demais.

Cal

Foto: Allan Kaiser

Foto: Beto Nascimento

Foto: Lusival Jr.

Foto: Zaar

Foto: Guilherme Calazans

Foto: Lusival Jr.

Foto: Vicente Barros

Foto: Allan Kaiser

 

Ficha Técnica:
Espaço Casa Park Home Restrô
Fotógrafos: Allan Kaiser, Beto Nascimento, Lusival Junior, Zaar, Guilherme Calazans, Vicente Barros.